SOBRE A OSTEOPATIA

Clínica Osteopática

Comprometer a integridade estrutural e funcional tem uma influência recíproca sobre o funcionamento fisiológico. O tratamento osteopático de disfunção somática modifica limites e padrões no sistema nervoso, que por sua vez permite um movimento em direção a um nível de função que é ideal para a pessoa naquele momento em sua vida.

A Osteopatia não está limitada ao diagnóstico e tratamento de problemas de músculo-esqueléticos, nem em enfatizar o alinhamento com evidências radiográficas e sim está preocupada com a maneira com que a dinâmica dos tecidos articulares, fasciais, vasculares e nervosos se integram e como ela pode apoiar toda a fisiologia do corpo.

O papel dos osteopatas reside em diagnosticar e tratar os fatores que limitam e inibem a saúde, assim lançam mão de técnicas não invasivas, naturais e manuais (OMT- Osteopathic Manipulative Treatment), que visam:

  • Normalizar a mobilidade e funcionalidade articular.
  • Normalizar a mobilidade e funcionalidade fascial.
  • Normalizar a dinâmica e funcionalidade do crânio, dura-máter e conexões periféricas.
  • Normalizar a dinâmica e funcionalidade visceral.
  • Normalizar a circulação arterial, venosa e linfática.
  • Normalizar a função nervosa, corrigindo disfunções somáticas, que perturbem seu funcionamento e assim gerando efeitos como a facilitação medular.
  • Educar pacientes sobre dieta, exercício, cuidados de saúde e estilo de vida.

Fique atualizado! Assine nossa newsletter!