Por que ser um associado da AOB?

Hoje a AOB é a única entidade representativa da Osteopatia no Brasil, 
atribuição que foi conferida pelo COFFITO. Temos como objetivo ser a “casa” dos profissionais que exercem a Osteopatia no Brasil. Além disso, contribuir para o seu desenvolvimento técnico científico guiando-se por seus princípios filosóficos.


Últimas Notícias



12.11.2021

Autobiografia de Still

Você não pode ficar de fora desta!

Temos uma excelente notícia para você.

A AOB está trazendo o segundo lote da Autobiografia de Andrew T. Stiil.

A primeiro lote do livro foi um sucesso.

A venda logo estará aberta para todos, associados e não associados.

Fique atentos nas próximas divulgações.

Será realizada através do site da AOBleia mais+


31.10.2021

31 de Outubro – Dia do Halloween

Quem nunca ouviu falar que osteopatia estuda muito anatomia, anatomia e anatomia?

O fundador da Osteopatia Andrew Taylor Still (1828-1917), estudava anatomia descavando corpos indígenas.

Still conviveu com os índios Shawnees, e precisava estudar anatomia. De forma a estudar a Anatomia e a Patologia, recorreu ao chefe índio da Reserva Shawnnee para que este lhe concedesse uma autorização para exumar corpos ...

leia mais+

Mais Notícias

Por que ser um associado?

Quais as vantagens e a importância da associação para a osteopatia brasileira 


 

Hoje a AOB é a única entidade representativa da Osteopatia no Brasil, 
atribuição que foi conferida pelo COFFITO. Por isso, a AOB é quem 
normatiza toda a Osteopatia. É ela quem confere o titulo de ESPECIALISTA, 
além de determinar a carga horária dos cursos, para que sejam reconhecidos pelo COFFITO.

A AOB também é responsável pelas provas teóricas e avaliações das provas de títulos em Osteopatia, que, sendo
aprovados, receberão desta entidade a certificação de Especialista profissional em Osteopatia,
reconhecido pelo COFFITO.

CLIQUE AQUI e se associe a AOB e nos ajude a nortear os rumos 
dessa especialidade no Brasil.

Nossa especialidade: Osteopatia

A Osteopatia é baseada em uma filosofia própria onde a saúde depende da capacidade natural do organismo em resistir e combater as influencias nocivas do ambiente e compensar seus efeitos.

As restrições de mobilidade tecidual (disfunções somáticas: articulares, musculares, nervosos , fasciais, cranianos e viscerais) estão associadas ao aparecimento dos problemas dos pacientes.

Por meio de técnicas manuais busca restaurar a mobilidade e eliminar as tensões teciduais favorecendo a capacidade de resistência e auto cura do organismo.

Sempre dentro da perspectiva da saúde e não da doença; com uma visão integral do paciente, de forma individualizada e personalizada.


continue lendo >

Fique atualizado! Assine nossa newsletter!